terça-feira, 7 de setembro de 2010

Coisas que não Queremos Ver Mais...


    Existem hoje coisas que não mais queremos ver. Por exemplo: - Quem gosta de ver no noticiário histórias de corrupção? Imagens de pessoas recebendo dinheiro e o colocando na meia, na cueca, nos bolsos e em todo e qualquer lugar possível. – Quem gosta de ver pessoas passando fome, pedindo dinheiro em sinais de trânsito, imagens de pessoas esquálidas sem ter o que comer em documentários na TV? – Quem gosta de ver cenas de brigas, assassinatos a sangue frio, ou qualquer outra violência entre seres humanos, ou mesmo entre humanos e outros seres?
    - Tudo bem, pode ser que eu esteja sensível demais e acho que estou mesmo, pois tenho motivos pra isso; - mas vocês gostam disso tudo que citei acima? Creio que não em pleno século XXI, ou mesmo em qualquer século que seja!
    Por que estou falando tudo isso? Bem, ontem vivi mais um momento ruim em minha vida e resolvi que não quero mais ver aquilo, ou melhor, viver aquilo novamente. Existem pessoas com quem temos ligações fortes – nossos pais e filhos principalmente –, mas obviamente, só que num pequeno nível abaixo, vem nossos irmãos, tios, primos e todos os parentes. Nem por isso estes são menos importantes. Não quero falar na parte afetiva, que foge a esse amor de sangue, no entanto, é muito importante no que diz respeito ao complemento de nossas vidas, quando escolhemos e somos escolhidos por companheiros que nos amam e os amamos numa verdadeira relação de companheirismo e amor.
    Bem, estou passando há alguns meses por momentos difíceis, com problemas de saúde na família. A coisa anda difícil e agora se agravou com a doença de minha mãe, que está vivendo um momento difícil, pois está em uma situação que ontem decidi não quero mais ver. O que senti ontem ao vê-la com o tubo ligando seus pulmões ao respirador e ao perceber a sua total inconsciência e falta de reação a qualquer estímulo, mesmo o álgico, foi como uma espada rasgando o meu peito. Eu que já convivi inúmeras vezes com situações até piores não consegui aguentar cinco minutos e saí de lá alucinado e completamente decidido a não mais ver aquela cena. Fraqueza? Não sabia que isso iria acontecer desta forma. Por isso a perturbação.
    Entendo a vida, acho que compreendo a morte, mas ver pessoas que amamos dessa forma é muito ruim e eu sinceramente não quero ver mais... .

Um comentário:

Anônimo disse...

Prezado Rubens

Há 18 anos atrás em estava no Hospital Santa Cruz com minha mãe morrendo. Estava sozinho com ela num quarto. Oxigênio ligado, morfina e um soro de hidratação. Nada mais havia para ser feito, o câncer de intestino havia vencido após 5 anos de luta e
muito sofrimento. Num determinado momento fui verificar suas extremidades frias e cianóticas e pressionei para ver o enchimento capilar...recuei, sentei na cadeira
e enchi-me de lágrimas. Não queria vê-la morrer e não queria vê-la morta. Por intuição,
na manhã seguinte chamei uma acompanhante e saí. Um hora após minha mãe faleceu. Rubens, também não quero mais
ver este tipo de sofrimento. Traumatiza, machuca, não me ensinou nada, não serve
para nada. Cuide-se, poupe-se, não veja o
o que te machuca. Temos que sair destes eventos inteiros pois muitos ainda precisam
da gente. Nestas situações cada um faz uma parte e o que pode. Não arque tudo sózinho.
Um abraço,
Mario Picanço Jr.

Loading...

Livros Interessantes

  • 1808 - Laurentino Gomes
  • 1822 - Laurentino Gomes
  • 64 Contos de Rubem Fonseca
  • A Cabana - William P. Young
  • A Farsa - Christopher Reich
  • A Teoria da Relatividade Especial e Geral - Albert Einstein
  • Agosto - Rubem Fonseca
  • Cidade de Ladrões - David Benioff
  • Como Vejo o Mundo - Albert Einstein
  • Dom Casmurro - Machado de Assis
  • GOG - Giovanni Papini
  • Mandrake: A Blíblia e a Bengala - Rubem Fonseca
  • Memórias Póstumas de Bras Cubas - Machado de Assis
  • O Andar do Bêbado - Leonard Mlodinow
  • O Círculo dos Mentirosos - Jean-Claude Carriere
  • O Imperador (4 Volumes) - Conn Iggulden
  • O Livro dos Livros Perdidos - Stuart Kelly
  • O Mestre de Quéops - Albert Salvadó
  • Para Ler Como Um Escritor - Francine Prose
  • Pós-Guerra - Tony Judt
  • Quem Somos Nós? William Arntz, Betsy Chasse, Mark Vicente
  • Rio das Flores - Miguel Sousa Tavares
  • Ser Feliz - Will Fergunson
  • Simplesmente Einstein - Richard Wolfson
  • Solar - Ian MacEwan
  • The Einstein Theory of Relativity - H.A. Lorentz
  • Vastas Emoções e Pensamentos Imperfeitos - Rubem Fonseca