domingo, 17 de outubro de 2010

Por que não se discute o que deveria ser discutido?

    Só se fala em eleição. O dia do segundo turno se aproxima e o clima vai esquentando, mas não se aborda os temas que deveriam ser abordados. Isso mesmo, o tempo passa e só se fala em religião, aborto e um monte de assuntos que não deveriam estar sendo discutidos. Ataques de parte a parte, principalmente do lado da candidata que está vendo a vantagem que tinha nas pesquisas sobre o seu oponente minguar a cada dia. Parece que o povo não a quer no poder, ou como parece não gostou dos últimos episódios de corrupção envolvendo a sua "mulher forte" na Casa Civil.

    Temas como a política econômica não é nem tocada e o risco eminente de um desastre econômico, que parece bastante provável, caso a política atual continue, tão pouco. Isso infelizmente parece verdade e se o governo continuar gastando da forma irresponsável como vem gastando e a maquiagem contábil continue, em breve estaremos vivendo dias de inflação. O BNDES pegar dinheiro com o governo para investir na Petrobras daria muita discussão em outros tempos.

    A reforma política e o corte nos impostos que afronta toda a sociedade também são temas esquecidos pelos candidatos. Enquanto isso o nosso presidente, numa manobra chavista fica tentando transformar a eleição numa disputa entre pobres e ricos, ou seja, dividindo o povo brasileiro e se colocando como único defensor dos pobres e também como o pai de todos os programas sociais em vigor no momento.

    Vivemos um mundo virtual criado pelo PT e, neste mundo, a dívida externa foi paga, os pobres já não são pobres e o problema nos aeroportos é culpa da nova classe média que se criou e que está viajando mais de avião. Pode? Temos que ter cuidado quando o ilusionista mor falar e prestarmos a atenção no mundo real, onde, por exemplo, a dívida externa até aumentou e vem crescendo.

    Votar é necessário e devemos escolher o melhor, para que vivamos um mundo real e sem ilusões.

Nenhum comentário:

Loading...

Livros Interessantes

  • 1808 - Laurentino Gomes
  • 1822 - Laurentino Gomes
  • 64 Contos de Rubem Fonseca
  • A Cabana - William P. Young
  • A Farsa - Christopher Reich
  • A Teoria da Relatividade Especial e Geral - Albert Einstein
  • Agosto - Rubem Fonseca
  • Cidade de Ladrões - David Benioff
  • Como Vejo o Mundo - Albert Einstein
  • Dom Casmurro - Machado de Assis
  • GOG - Giovanni Papini
  • Mandrake: A Blíblia e a Bengala - Rubem Fonseca
  • Memórias Póstumas de Bras Cubas - Machado de Assis
  • O Andar do Bêbado - Leonard Mlodinow
  • O Círculo dos Mentirosos - Jean-Claude Carriere
  • O Imperador (4 Volumes) - Conn Iggulden
  • O Livro dos Livros Perdidos - Stuart Kelly
  • O Mestre de Quéops - Albert Salvadó
  • Para Ler Como Um Escritor - Francine Prose
  • Pós-Guerra - Tony Judt
  • Quem Somos Nós? William Arntz, Betsy Chasse, Mark Vicente
  • Rio das Flores - Miguel Sousa Tavares
  • Ser Feliz - Will Fergunson
  • Simplesmente Einstein - Richard Wolfson
  • Solar - Ian MacEwan
  • The Einstein Theory of Relativity - H.A. Lorentz
  • Vastas Emoções e Pensamentos Imperfeitos - Rubem Fonseca