sábado, 5 de março de 2011

Morte e Frieza

Vez por outra gosto de tentar analisar o que vem ocorrendo no dia-a-dia. Confesso que não tem sido uma tarefa fácil e cada vez que paro pra pensar nos fatos ocorridos, a surpresa e o espanto tomam conta de mim. Mas, vou tentar comentar o que acho de importante vem ocorrendo no mundo atualmente.

O que mais chamou a atenção nos últimos dias no Brasil foram dois casos que envolveram a morte de pessoas inocentes:
No Rio tivemos o assassinato à sangue frio da menina de seis anos pela fria e vazia amante do seu pai - o caso da menina Lavinia -, uma demonstração clara de como os sentimentos mais vazios que envolvem os seres humanos, podem se transformar numa arma mortal impiedosa, que não poupou nem a inocência da jovem menina utilizada como mecanismo de vingança. O pior de tudo foi a frieza da assassina. Coisas do mundo de hoje? Isso não acontecia ou aconteceu no passado? Acho que sim, mas o mundo faz tudo retornar em determinadas situações em que a fraqueza humana se expõe.
Em São Paulo a violência foi também impiedosa e terrível, pois foi o assassinato de um casal pelo seu próprio filho. Já vimos isso no passado, mas dessa vez a alegação por ter tido tamanha raiva a ponto de matar os pais, pelo assassino, foi de que estava cansado de ouvir os pais o mandarem trabalhar. Isso mesmo, ficou com raiva e elouquecido por ter ouvido os pais o mandarem trabalhar. Entretanto, a violência foi tamanha e a frieza do assassino também, pois este se utilizou de uma faca para matar os pais. Matar com um tiro é uma coisa, mas à facadas... .

Que a violência está saindo de nossos corpos e fugindo de controle não é novidade. O mundo afora está se transformando e a "bola da vez" é a Líbia. Acho que todo o mundo árabe não será o mesmo após o Egito, mas é assim que a coisa caminha.

Quanto ao Brasil, cabe a nós evoluirmos, porque o mundo está melhorando, com violência sendo usada para a transformação, não para ceifar vidas indefezas.

Nenhum comentário:

Loading...

Livros Interessantes

  • 1808 - Laurentino Gomes
  • 1822 - Laurentino Gomes
  • 64 Contos de Rubem Fonseca
  • A Cabana - William P. Young
  • A Farsa - Christopher Reich
  • A Teoria da Relatividade Especial e Geral - Albert Einstein
  • Agosto - Rubem Fonseca
  • Cidade de Ladrões - David Benioff
  • Como Vejo o Mundo - Albert Einstein
  • Dom Casmurro - Machado de Assis
  • GOG - Giovanni Papini
  • Mandrake: A Blíblia e a Bengala - Rubem Fonseca
  • Memórias Póstumas de Bras Cubas - Machado de Assis
  • O Andar do Bêbado - Leonard Mlodinow
  • O Círculo dos Mentirosos - Jean-Claude Carriere
  • O Imperador (4 Volumes) - Conn Iggulden
  • O Livro dos Livros Perdidos - Stuart Kelly
  • O Mestre de Quéops - Albert Salvadó
  • Para Ler Como Um Escritor - Francine Prose
  • Pós-Guerra - Tony Judt
  • Quem Somos Nós? William Arntz, Betsy Chasse, Mark Vicente
  • Rio das Flores - Miguel Sousa Tavares
  • Ser Feliz - Will Fergunson
  • Simplesmente Einstein - Richard Wolfson
  • Solar - Ian MacEwan
  • The Einstein Theory of Relativity - H.A. Lorentz
  • Vastas Emoções e Pensamentos Imperfeitos - Rubem Fonseca